Crystal e Clebber eram um casal extremamente feliz, nunca tiveram problemas, confiavam um ao outro, até que chegou um dia que tudo mudou na vida de ambos. Crystal foi convidada para uma festa de amigos, logo chamou seu namorado para ir também. Chegando lá era uma despedida de amigos, tendo bebidas alcoólicas, um pouco de comida e drogas. Ela bebia de vez em quando mas nunca usou nada disso e com o incentivo de seus amigos fez tudo o que não devia. Ficou toda alterada até perder a consciência.

No dia seguinte, acordou com uma grande dor de cabeça, não lembrava de nada e nem como chegou em casa. Levantou e foi fazer seus afazeres. Ao tomar café pegou seu celular, cheio de mensagens até que viu no grupo vários vídeos... vídeos dela mesma. Ao ver um por um não acreditou, bebendo, caindo, beijando suas amigas, fumando, cheirando, vomitando. Ela não lembrava de nada até que viu o último vídeo e isso mudou sua vida. Ela estava no quarto com seu namorado tendo relações sexuais... porém não estava só ele. No vídeo ela gritava "não", mas não adiantava. Ela não acreditou no que viu e lágrimas escorria de seus olhos castanhos. Foi para o seu quarto sem acreditar nisso, chorava e queria que isso saísse de suas memórias até que a campainha tocou. Se assustou e foi até a porta. Não queria abrir até que ouviu uma voz dizendo.

- Amor sou eu, Clebber. Você está bem?

Ao ouvir isso ficou em choque. Não abriu e voltou ao seu quarto. Passou 3 semanas e ela terminou com o rapaz, ela não queria vê-lo nunca mais, porém insatisfeito com isso decidiu dar o troco nela, ele postou o seu vídeo em todas as redes sociais afirmando que Crystal era uma garota de programa e aguentava todos. Ela tremia e chorava, ele estragou a vida da pobre garota. Ela mandou uma mensagem para ele dizendo:

- Você é louco? Quer me fuder? Seu monstro já não bastou gravar e agora posta? Eu vou te denunciar!

Ele demorou para responder mas quando respondeu, não foi nada amoroso:

- Quem é você? A é, a famosa Crystal, me diz aí garota quanto que tá a hora?

Ele a provocava até que o assunto ficou sério. Ela disse que iria denuncia-lo e ele não gostou:

- Se você pensar em me denunciar eu vou te matar sua inútil, eu nunca amei você, te traía com sua melhor amiga se bem que ela era melhor que você na cama kkk. Afinal porquê você não se mata? Faria um favor ao mundo e para mim.

Ela não o respondeu apenas o bloqueou e voltou a chorar. Crystal não aguentava mais isso, ela queria apenas sumir... e fez isso. Comprou várias drogas, remédios e tomava.. porém ela não conseguia apenas vomitava. Então foi até sua cozinha e pegou uma faca e foi até seu quarto. Abriu a janela e cravou a lâmina em seu peito.

-Eu não aguento mais isso...

Crystal pulou da janela com a lâmina cravada em seu coração traído... se matando. Mais tarde foi levada ao cemitério, não adiantava mais nada e a mãe queria o enterro. Clebber foi lá e a pobre mãe inocente o abraçou.

- Fiquei sabendo disso agora.. eu e ela estávamos tão bem... eu sempre a amarei. Disse Clebber quase chorando.

A mãe da menina acreditou e o aconselhou. Crystal estava entre a vida e a morte, seu coração estava cheio de fervor de vingança, ela queria que ele pagasse com a mesma moeda até que fez um acordo com a morte.

- Se você quer sua vingança eu a ajudarei, mas ambos terão que viver comigo. Afirmou a morte.

- Coloque mais uma na sua lista. Disse Crystal.

O desejo foi concedido, Crystal estava de volta e pronta para sua doce vingança e começou pela sua melhor amiga.

Era noite e Kelly sua amiga estava saindo do trabalho. Foi até o metrô e estava sozinha até que ouviu um canto bem suave, não era normal mas ignorou... Até reconhecer a voz.

-Não, estou delirando, não pode ser a voz dela.

Até que olhou para o lado e estava Crystal sentada. Estava diferente, bem arrumada, com um vestido preto e olhos avermelhados.

- Olá "melhor amiga". Disse Crystal levantando.

A menina estava pálida de medo. Não sabia nem o que dizer.

- Amiga... calma, eu não sei o que dizer.. mas você tá viva! Isso que importa. Disse Kelly apavorada.

- Não, eu tenho uma dívida e prometi que eu cumpriria... afinal você me traiu pelas minhas costas... isso é imperdoável.

Crystal agarrou seu pescoço bem forte e disse:

- Te vejo no inferno "melhor amiga".

Arremessou a garota no metrô, jorrando sangue para todo lado. Sorriso dê sua vingança era lindo, e agora era a peça principal...

Clebber estava em uma festa, bebendo, beijando e curtindo. Crystal foi com uma máscara do V de vingança e ele se aproximou dela.

- Ei lindo, que tal irmos lá pra fora? Disse Crystal encantando o rapaz.

Foram para fora e a menina saiu saltitando para o parque. Ele foi atrás dela. Seu canto era lindo, porém mortal. Até que ele a agarrou bem forte e retirou sua máscara e se apavorou... ao ver o rosto de sua amada morta ficou sem ação e reação. Foi se afastando e tremia.

- O que foi meu amor? Parece que viu um fantasma. Disse Crystal sorrindo.

- Como você... tá viva? Eu estou sonhando. Disse Clebber apavorado.

Ela o jogou bem forte na árvore e o agarrou pelos cabelos batendo sua cara na árvore.

- Você sabia que estuprar com mais de cinco pessoas é um crime pior ainda seu porco? Dizia Crystal batendo a cara dele.

- Você era tudo para mim, como pôde o meu próprio amor me estuprar, gravar, postar e pegar minha melhor amiga na cama? Você é um nojo e eu estou aqui a favores de alguém.

Sua cara estava toda vermelha de sangue e apenas ria como se tudo isso fosse piada.

- Sua inútil, nem se matar consegue. Falou Clebber.

- Vim direto do inferno para fazer o certo, a morte vai adorar você.

Um portal abriu-se atrás do rapaz e almas perdidas o agarraram.

- Conheça minhas amigas novas, elas vão te adorar no inferno enquanto eu mastigo seu coração. Disse Crystal colocando a máscara.

Ele gritava e as almas o devorava vivo. Crystal o chutou entrando no portal enquanto ela cantava a melodia de uma doce e boa vingança. Ele sofria e as almas diziam:

-Assassino! Maluco! Estuprador! Demônio! Monstro! Porco! Imundo!

A morte estava ansiosa pela chegada deles e quando os viu foi direta.

- Estava a sua espera Clebber, você terá uma punição maravilhosa... bem vindo ao inferno!