Michele está tão feliz. Seu casamento é hoje. Já tinha escolhido vestido, buquê, convidados, lugar… Tudo! Ela dançava de alegria. Será, nada menos, que perfeito.

Ela se lembra o quão difícil foi chegar ali, sendo que teve tantas decepções. Seu noivo a havia traído, com sua irmã, sua mãe a amaldiçoou por estar se casando, seu pai sempre batia nela, e seus amigos eram falsos. A única amiga que ela teve, foi sua criada Gina, que sempre a apoiava. Mesmo assim, Michele suportou tudo isso e agora, conseguiu tudo.

O casamento será em sua casa, uma grande casa, com um belíssimo quintal. Os convidados chegaram, Michele irá recebe-los ela mesma.

Depois de horas levando os convidados até seus lugares, Charles, o noivo chegou. O mesmo anda pela casa toda, procurando por alguém. Gina o recebe com um sorriso simpático em seu rosto e o leva até seu lugar. Michele já está arrumada.

Ela ajeita as últimas flores de seu buquê. Ela sorria… Sorria muito. Ela coloca seus sapatos, pega o buquê, ajeita o véu e segue para o quintal. Lá seus parentes, amigos e noivo esperavam. Todos estavam sorrindo.

Michele vai até seu noivo, que esta tão feliz, que não tem palavras. Ele chora de alegria. Michele também está a chorar.

Gina sobe no lugar onde o juiz de paz deveria estar. Charles não protesta. Gina começa, então a tão esperada cerimônia. Michele continua a chorar.

Com o encerramento, Michele beija seu marido e pede para Gina tirar uma foto. Para guardar essa bela recordação. Todos sorridentes, e alegres, e Michele, não poderia estar mais feliz. Tudo está perfeito…