O Sorriso da Minha Sobrinha

comment0visibility14
Há 1 semana

Ela nasceu, e a primeira coisa que fez quando me viu foi sorrir. Um sorriso meigo e simples que me encheu de amor e alegria. As crianças têm esse poder de nos fazer sentir bem com apenas um sorriso ou um gesto inocente.

Ela é linda, de olhos azuis, pela clara e limpa como seda. Uma linda menininha. Acho que eu estou mais feliz que os próprios pais. Engraçado como são as coisas... Eu disse que seria pai antes da minha irmã ser mãe, mas parece que perdi dessa vez.

Alguns anos se passaram e ela ia ficando cada vez mais linda, mais meiga, mais cativante. Ela tornava meus dias os melhores com pequenos gestos de amor e carinho. Sempre sorrindo com aquele rosto angelical e covinha nas bochechas.

Infelizmente, ela foi diagnosticada com uma doença rara aos 4 anos, mas isso não tirou aquele lindo sorriso de sua boca. Alguns meses se passaram e lá estava eu, debruçado em seu pequeno caixão chorando e pedindo para que ela voltasse, para que me desse um daqueles lindos e inocente sorrisos de novo. E foi o que ela fez...

Todos os dias quando acordo, a vejo ao meu lado sorrindo, mas não é como era antes, seu sorriso está estranho. Em sua boca escorre sangue e os seus olhos apenas a parte branca, sua pele pálida meio acinzentada. Onde vou ela está, sorrindo, sempre.

Olho para debaixo da cama e lá está ela, sorrindo. Na cozinha, na sala, no retrovisor do carro. Sorrindo, com um olhar sombrio e sem expressão, apenas sorrindo. Não quero mais... Já fui ao seu túmulo várias vezes pedir para que fique lá, mas ela não quer, insiste em ficar ao meu lado, sorrindo, do jeito que pedi.