No dia seguinte do meu aniversário eu fui até o correio para pegar as encomendas que havia pedido antes do meu aniversário. Entrei em casa, peguei o estilete para abrir elas, quando eu fui abrir a última eu tomei um susto tão grande que eu deixei o estilete cair e por sorte não cortei a minha mão. Dentro havia um boneco todo costurado, com olhos de botão, um monte de agulhas de diferentes cores dentro e uma carta que dizia:

“Feliz aniversário! Provavelmente você não me conhece, mas eu quis te mandar um presente diferente já que é o seu aniversário e aproveite bem”.

Eu fiquei meio confuso o que exatamente era aquilo, quem havia mandado e o motivo. Fui tentar ver na caixa se tinha alguma pista de quem era, mas não encontrei nenhuma informação e acabei jogando no lixo sem pensar nas consequências.

Um dia depois que eu ganhei aquele boneco estranho, comecei a passar muito mal, fui parar no pronto-socorro, me examinaram e como não havia nada de errado eu fui liberado. Porém, assim que eu pisei na porta da minha casa, eu comecei a sentir sensações diferentes, parecia que havia uma energia muito estranha e sinceramente não liguei muito.

Lá para ás 3:00 eu acordei com dores insuportáveis por todo o corpo, eu pensei que era uma gripe e novamente voltei a dormir. Só que um minuto depois eu percebi que o meu pijama estava molhado, quando eu acendi a luz eu vi sangue para todos os lados. Eu fiquei desesperado, eu não sabia o que fazer, não sabia se era um sonho ou realidade e desmaie.

Eu lembro que quando acordei, estava na UTI, a minha visão estava embaçada e não sabia aonde eu estava exatamente. Aos poucos fui recuperando a visão, foi então que eu percebi que estava em um hospital. Logo depois entraram as enfermeiras para dar os medicamentos e depois que elas saíram os médicos entraram. Eu perguntei o que havia acontecido e eles me falaram que a minha vida estava por um fio por conta de ter perdido muito sangue e que alguns órgãos estavam parando de funcionar e que por um milagre eu sobrevivi.

Fiquei mais um mês internado, fui liberado e voltei para a minha casa. Quando eu cheguei, uma pessoa que não conhecia estava me esperando sentada no sofá e percebi que a expressão facial era séria. Não questionei ninguém e nem briguei até porque havia acabado de ter alta do hospital e sentei no sofá.

Depois de um minuto ela se apresentou para mim, logo em seguida começou a falar sobre uma pessoa desconhecia que por pura maldade enviou um boneco para a minha casa no intuito de me matar. Na hora eu lembrei que eu tinha este boneco dentro de casa e pedi para a minha esposa pegar. Ela entregou para esta pessoa, quando pegou o boneco a senhora olhou bem dentro dos meus olhos e falou que dentro deste boneco tinha um espírito muito poderoso, explicou qual era função dele, no final ela deu um sorriso e foi embora.

Confesso que eu fiquei muito surpreso quando ela me explicou tudo, eu nunca fui uma pessoa de ficar pesquisando sobre o assunto. Até hoje eu não sei quem fez esta maldade comigo, mas creio que a justiça será feita não por mim e nem pela as pessoas que me amam. A minha saúde vai bem, apesar de ter quase perdido a vida eu sou grato a todos que me amam e que se preocupam comigo! Muito obrigado de coração!