Poderia ter sido apenas mais uma partida no tão famigerado jogo Free Fire, mas as coisas saíram um pouco do controle quando Jim fez um pedido inocente à Pitter, mesmo eles não se conhecendo e sem saber se eram realmente crianças atrás dos personagens, nada poderia dar errado, talvez fosse isso que Jim tinha pensado.

Em Julho de 2019, o jogo Free Fire já estava tomando conta das memórias dos celulares no mundo inteiro, vários downloads sendo feitos de minuto a minuto o fazendo ficar reconhecido em todos os lugares. Jim, um garoto de apenas nove anos, fez o que todos estavam fazendo, entrou na moda e baixou o jogo para seu android. Após ter baixado, criou sua conta e começou a jogar.

O jogo ainda estava em constante atualização e sendo incluídas muitas funcionalidades, mas do que nos tempos atuais. Jim gostava daquele mundo de jogos em terceira pessoa e passava horas do seu dia jogando. Em uma das partidas de Contra Squad, Jim conheceu Pitter, um garoto de 12 anos que também amava estar jogando e passando seu tempo ali se divertindo.

No jogo, apenas os dois estavam com o microfone aberto conversando entre si e logo se identificaram bastante em várias coisas, uma delas era o fato deles coincidentemente morarem na mesma cidade, isso foi uma surpresa para ambos. Ao terminar a partida, logo eles tinham se tornado amigos e sempre estavam jogando juntos. Eles moravam na mesma cidade, mas um pouco distante um do outro, isso dificultou o encontro de ambos, afinal, eram adolescentes ainda e não podiam sair de casa para ir tão longe sozinhos, então o momento que tinham para conversar era pelo celular, se tornado grandes amigos posteriormente.

Após um tempo, Jim se sentia mais à vontade com Pitter o fazendo pedir algo que mudaria tudo mais a frente. O jovem viu que não conseguia comprar emotes para seu personagem por não ter diamantes suficientes e o jogo ainda não tinha dado a ele, então ele pensou e pediu dinheiro a seus pais, mas eles não deram, então Jim pensou em seu amigo e conversou com ele para lhe emprestar um dinheiro que logo ele pagaria, Pitter mesmo com um pouco de receio fez esse favor a seu amigo.

Jim comprou os emotes que tanto queria e ficou feliz por isso, mas havia uma dívida e Pitter precisava do seu dinheiro. Algumas semanas se passaram e nada do jovem Jim devolver o dinheiro de seu amigo e isso já estava irritando Pitter. Era algo que eles resolveram não contar a ninguém para não ter nenhuma intervenção de adultos em suas conversas.

Pitter ligava para Jim constantemente perguntando se ele já teria seu dinheiro e o jovem amigo somente dava desculpas dizendo que logo pagaria, que era para Pitter manter a calma, mas calma era a última coisa que ele tinha naquele momento.

Em uma noite, Pitter decidiu ir buscar algo que era de direito seu. Conseguiu um táxi e foi até a casa de Jim, mas naquele momento o dinheiro não era o bastante. Era por volta das 23h da noite quando o adolescente de 12 anos subiu na sacada onde dava acesso ao quarto de seu amigo, abriu a janela devagar e entrou, ficou parado por alguns segundos apreciando o pequeno Jim dormir tranquilamente em sua cama.

Pitter amarrou sua boca com um pano para que ele não gritasse. O quarto dos pais ficava um pouco longe, então seria fácil para ele. Com uma machadinha em mãos, Pitter começou a cortar partes do corpo de seu amigo, lentamente para que ele pudesse sentir agonia e dor, um sofrimento que durou cerca de meia hora. Após ver que Jim já não se mexia mais, Pitter cortou sua cabeça e a deixou jogada próxima a porta, desceu a sacada e voltou para sua casa com o coração tranquilo sabendo que tinha feito à justiça que ele achava certa.

Na manhã seguinte, os jornais estampavam a horrenda notícia de uma morte macabra em um bairro próximo e que as investigações apontavam para um suposto amigo que o nome não fora revelado. Pitter sabia o que estava por vir, mas ele continuava bem, mesmo os policiais entrando em sua casa e o levando preso, mesmo ele sendo acusado do morte de seu amigo Jim, mesmo ele recebendo uma sentença de 38 anos, ainda sorria, ainda se sentia bem e em seu julgamento disse que faria tudo novamente, que a melhor sensação que já sentiu na vida foi sentir os ossos quebrando e o sangue escorrendo pela cama.

Tome cuidado com quem conversa nesses jogos online, alguém pode estar esperando apenas um motivo para mostrar sua verdadeira face por trás de um perfil falso.