Mente Eufórica

comment1visibility361
Por Jeren
Há 1 mês

Minha cabeça afunda no travesseiro, tão pesado que caiu da Terra, cenas infinitas passam em minha cabeça na velocidade da luz, elas infestam cada fenda da minha cabeça como formigas em um formigueiro. Quando abro meus olhos, não é diferente, as cenas são reais e estão acontecendo à todo momento, velocidade sobre-humana.

Os meus sonhos, cada vez mais reais são na verdade memórias de tudo que já vivi e viverei. Repetindo, repetindo, cada vez mais longo. Meu coração é pressionado pelos pulmões cheios de ar, despertando minha vontade insaciável por respostas. Minha sorte, sangrando. Meu azar, consagrando.

Sempre quando fecho os olhos, minha alma escapa do corpo. As mãos de plasma frias apertam meu pescoço, meu olhar percorre toda a sala rapidamente procurando o som que era difícil de se escutar quando tudo está tão alto na sua mente. Borboletas tingidas de vermelhas voam dentro de meu estômago. O suor corre, frio, quando consigo o encontrar.

Minhas unhas, já roídas até o cerne exibem um machucado doloroso, mas essa dor é incomparável quando os pensamentos ligeiramente flutuam e flutuam, preenchendo e enchendo toda a minha cabeça. Algumas frases se desprendem do cérebro e são cuspidas para fora com facilidade, sem ao menos pensar, já outras pressionam fortemente meu coração contra minha vontade.

Todos eles voam descontroladamente, se chocando uns com outros, as balas amargas e brancas sempre me ajudaram quando me sinto assim. Arremesso todas em minha boca, ofegante. Meus olhos se fecham rapidamente, trás a calma sem precisar ferir. Os pensamentos não voam mais, eles calmamente se organizam para uma coisa:

Dormir.

Comentários

Anônimo
fudeu
22/11/2020