Correr sem olhar pra trás
Correr pra sobreviver
O ser que me perseguindo está
Não pode me deter

Preciso sair daqui
Desse lugar tenebroso
Árvores e mais árvores
Se eu tropeçar em algo eu morro.

O céu está escuro
Não vejo o sol raiar
As nuvens densas, sombrias
Me observam tentar escapar

Ele vem logo atrás de mim
Seus olhos vermelhos
Seu pelo escuro
Dentes afiados e pontiagudos
É um ser do submundo

Veio buscar minh'alma
E levar-me para "aquele lugar"
Porém esse não é o maior problema
Mas sim que meu sonho não consegui realizar

A paz não encontrei
A felicidade também não
O acordo que com a besta eu fiz
Não me trouxe solução

Corre, corre assassino
Você sabe o seu destino
Fugir não adiantou de nada
Pois tropeçou no final do caminho