Havia um clube muito popular por nome Vermelhão. Ele ficava perto do cemitério, por isso as pessoas para irem lá tinham que passar por dentro do cemitério. Acontece que todas as vezes que tinha festa no Vermelhão e as pessoas passavam por lá sempre acontecia algo muito estranho porque, a maioria das pessoas perdia a vida. As poucas vítimas que se salvavam diziam que no cemitério havia uma mulher muito feia, com olhos muito vermelhos e parecia que tinha pacto com o diabo. Ela quando via uma pessoa passando pela estrada chamava-as e assim que ela se aproximava a mulher voava para atacá-la.

Algumas pessoas quando ouviam essa história, principalmente, as mais jovens não acreditavam. Um dia um grupo de adolescente foram a esse local para constatar se era verdade. Um dos meninos do grupo disse, rindo, que ia levar uma câmera digital para tirar fotos da mulher para provar que ela, realmente, existia. Na noite de sexta-feira eles, então foram a procura da tal mulher. O colega que ia levando a câmera começou a gravar tudo desde a hora que saíram de casa. Mal chegaram no cemitério e uma mulher veio logo atrás deles e começou a conversar pedindo informações sobre a festa no Vermelhão. Os adolescentes começaram a conversar com ela e disseram que nada sabiam sobre a festa. Na verdade eles só estavam ali para conhecer a mulher que aterrorizava o cemitério. Quando ouviu isso a mulher deu uma gargalhada e começou a voar e veio para cima deles atacando-os. O que aconteceu depois disso, apenas, a câmera digital poderá responder, pois tudo foi gravado nela e quem a encontra poderá desvendar todo esse mistério.