Ano Novo

comment2visibility77
Há 1 mês

Sei que já é tarde, mas ainda estou sem sono. Depois de um dia exaustivo de trabalho, fiquei preocupado com os papeis que ainda faltam revisar e assinar. Trabalho em uma empresa de contabilidade e todos os dias sou carregado de documentos que preciso ler e reler para poder então assina-los e envia-los para meu chef.

Deveria esta planejando minhas farias, já que há tanto tempo esperava por ela, mas não sei por que, não estou com um pingo de vontade. Já trabalho naquela empresa há tanto tempo que nem sei mais se me acostumo a ficar muito tempo sem fazer algo que não seja ler documentos, assina-los e envia-los. Não é o emprego dos sonhos, mas paga bem e posso ter uma vida estável.

Depois que minha esposa e filho desapareceram, não tenho mais prazer em desfrutar de férias, feriado ou alguma data comemorativa. Pra falar a verdade, não tenho a alegria ou vontade nem de sair de casa se não for ir ao trabalho. Lá, ocupo minha mente com tanta papelada que não tenho tempo para pensar nessas coisas. Sei que já vai fazer 1 ano, mas ainda estou superando a ausência dos dois.

Para não ocupar minha mente com pensamentos que me trazem lembranças do ocorrido, me deitei na cama e fiquei vendo vídeos na internet. Impressionante como as pessoas tem conteúdos variados para fazer vídeos. São ideias tão enigmáticas que fico tentando descobrir de onde vem tanta criatividade.

As horas vão passando e acabo pegando no sono. Acordo pela manhã e levanto tão sem disposição que não queria nem ter acordado. Hoje não tenho trabalho, pois é véspera de Ano Novo... Fico disperso em meus pensamentos que nem lembro-me que já é 31/12/2018. Coisa que Sarah costumava lembrar.

Vejo as pessoas se preparando para a chegada do novo ano... Fazendo promessas que nunca iram cumprir. Que idiotice! Sarah costumava me dizer que o novo ano nos traria sempre coisas boas. Tentava acredita, mas todo ano era a mesma coisa.

Não vejo meus parentes desde quando perdi Sarah e filho. Eles tentam me ligar quase todos os dias, mas não atendo. Hoje, as ligações ficaram constantes... Para não me irritar com tanta perturbação de pessoas falsas querendo desejar coisas que não se realizam, deixei o celular no silencioso e o esqueci.

Sinto o perfume de Sarah na cozinha de casa... Tanto tempo se passou e ainda esta aqui, um perfume delicado de rosas que a presenteei no dia em que ela desapareceu.

Olha a hora! 23:59h...

Vou a cozinha da minha casa para ao menos estourar um champanhe.

Quando chego lá, na cadeira onde Sarah costumava se sentar, está ela... Segurando a criança que nascerá. A corda que usei para enforca-la ainda esta em volta do seu pescoço... Nossa! Que linda ela esta. Com um vestido vermelho e um sapato de salto que comprei junto com o perfume. O filho que ela dizia ser meu ainda esta com a faca cravada em seu peito. A carne podre de ambos fica cada vez mais fedida com o passar dos meses. Mas isso foi o mínimo depois que soube de sua traição e que dessa traição, nascera um menino.

Opa! Olha a hora. 00:00h... Ouço batidas na porta que ficam cada vez mais intensas conforme vou ignorando-as. Ouço alguém gritar dizendo: “-Abra a porta Rian, é a policia!”

Bom, devem ter vindo para comemorar o Ano Novo ou devem ter encontrado Sarah...

Coloco champanhe nas taças em cima da mesa... Entrego uma para Sarah e quando os fogos começam a iluminar o céu, ouço a porta se abrir. Com minha arma, atiro em minha própria cabeça. Um jeito ótimo de desejar...

Feliz Ano Novo!...

Comentários

Anônimo
Ficou ótimo Ney! *Palmas*
28/09/2020
Anônimo
Ficou maravilhosa. Merece ganhar a caveirinha
07/10/2020